Nome
E-mail
Home | Notícias
Corrida Agradável no Sobral

Com a época a aproximar-se do fim, o Grupo deslocou-se ao Sobral de Monte Agraço para mais uma corrida de toiros. Depois de Vila Franca praça onde o Grupo já não actuava há 20 anos, também a tradicional corrida do Sobral era um regresso, pois a nossa última actuação nesta praça, tinha sido no ano de 1991. No cartel eram anunciados os cavaleiros António Telles e Vítor Ribeiro e o matador José Luís Gonçalves, para pegar os toiros da ganadaria de Cunhal Patrício o Grupo de Montemor.

Como se tratava de uma segunda-feira, nem todos puderam comparecer, sobretudo os mais velhos que já trocaram a vida de estuante pelas suas profissões, cabendo a responsabilidade de bem representar o nosso grupo à geração mais nova. Já na praça, os toiros saíram bravos com o peso a rondar os 480 kg proporcionando boas lides aos dois cavaleiros.

Para o primeiro toiro foi escolhido o forcado João Tavares, brindou à Dra. Matilde como agradecimento pela maneira como nos recebeu em sua casa e citou o toiro. Já nos “tércios”, carregou e não aguentou a investida do toiro, fazendo com que o mesmo encernelha-se dando origem a uma reunião defeituosa, obrigando o forcado a uma segunda tentativa. Mais concentrado e depois de emendar o erro anterior fechou-se para ficar, tendo sido bem ajudado pelos restantes elementos, que assim concretizaram uma boa primeira pega.

Para o segundo toiro, saltou para a arena o forcado Frederico Manzarra, garbosamente brindou ao público e andou para o toiro, aguentou a investida lenta e reuniu. Com a cara pelo ar o toiro derrotou, mas não o suficiente para tirar o forcado da cara, que com vontade aguentou até à chegada dos ajudas, que finalizaram mais uma pega vistosa, bem rematada pelo nosso rabejador, Rodrigo Pietra Torres.

O terceiro toiro da tarde foi pegado também à primeira tentativa pelo forcado Filipe Mendes. Brindou ao Presidente da Câmara do Sobral e citou com arte, mostrou-se ao toiro e carregou a investida. Com uma boa reunião, embarbelou-se para aguentar uma viagem longa. O toiro com o Filipe na cara fugiu aos ajudas, mas estes de maneira bastante eficaz recuperaram e concluíram mais uma boa pega.

Para o nosso último toiro foi escolhido o forcado João Caldeira, brindou a Sr. Padre Vítor Melícias e depois de um cite artístico, cheio de elegância, carregou. A reunião foi dura com o toiro a derrotar alto, obrigando o forcado a aplicar-se para ficar, sem demora entraram os ajudas, que mais uma vez demonstraram a vontade que têm em se afirmar no nosso Grupo, encerrando assim mais uma tarde de sucesso.

Com a época a aproximar-se do fim o Grupo actuou na sua penúltima corrida, ficando só a faltar no próximo dia 2 de Outubro a “Corrida dos Triunfadores” em Alcácer do Sal. Não falte e venha apoiar o seu Grupo neste último espectáculo de 2005.

12.09.2005
Rodrigo Corrêa de Sá

Voltar
com o apoio de