Nome
E-mail
Home | Notícias
Corrida de Touros em Reguengos de Monsaraz

Sexta-feira dia 10 de Junho o nosso grupo foi pegar a Reguengos. A corrida estava muito bem montada, constituindo o cartel os cavaleiros António Teles, João Salgueiro e Vítor Ribeiro, estando as pegas a cargo dos forcados de Montemor e Monsaraz. O curro de toiros, que estavam imponentes pertenciam ao Eng. Grave.


O nosso primeiro toiro, embora sério, saiu bem, com cara, e a passar bem nos capotes. O cabo mandou para a cara João Cabral, forcado habilidoso e com vontade de se afirmar no grupo.
Começou por brindar ao público, pôs o barrete e citou o toiro a poucos metros das tábuas. O toiro ao senti-lo, voltou-se com uma investida de praça a praça. O forcado ao ver que o toiro tinha saído “solto” tentou mostrar-se, mas ao começar a recuar o toiro descompôs-se e começou a enserilhar, o que resultou numa investida nada franca e consequentemente numa reunião menos boa, que obrigou a uma segunda tentativa.

Na segunda tentativa, com o toiro mais fixado nas tábuas o João fez a pega com principio meio e fim. Citou novamente de largo, andou para o toiro e depois deste se endireitar com o forcado, no momento certo carregou-o. Aguentando a investida franca do toiro recuou bem na cara e fechou-se muito bem de braços e pernas aguentando ainda alguns derrotes. O grupo ajudou com eficácia, fechou bem a pega e o Comenda rabejou e saiu na cara do toiro com muita arte.


O segundo toiro, para mim o pior da corrida por galopar desconcertado e com a cara sempre no ar, tinha uma córnea pouco cómoda ( pouco corno e córnea baixa) e era muito alto.
O Rodrigo deu o toiro ao Francisco Mira (Kikiu), que é um forcado com muita técnica, enrola-se bem na cabeça dos toiros e neste caso tinha ainda a vantagem de ser “barbeleiro”.
Mira brindou a pega ao empresário Costa (grande amigo do grupo) e começou a citar com muitas vantagens, “cá de trás” como é seu costume e do grupo de Montemor. O toiro ao voltar-se para o forcado investiu, mas num galope pouco franco e muito lento. O forcado aguentou bem a investida, recuou três ou quatro passos (os suficientes), o toiro pôs-lhe a cara um pouco alta (como aliás se previa), mas o Kikiu fechou-se muito bem, tapando a cara ao toiro. Com uma boa 1ª ajuda do Campilho e do resto do grupo a pega até pareceu fácil. O rabejador Comenda também esteve bem.


O nosso terceiro toiro o mais pesado (640 Kg) era sério mas saiu bem. Noel Cardoso foi o escolhido para a pega. Forcado pouco experiente, com pouco tempo de grupo mas que demonstra muita vontade e raça. Brindou a pega a alguns antigos elementos que estão relacionados a Reguengos e começou a citar o toiro. Este deu indícios que queria arrancar, Noel carregou-o no meio da praça e esperou por ele, recuando-lhe na cara. A reunião não foi a melhor, mas Noel teve muita vontade de ficar, vindo a brigar-se com o toiro até ás terceiras. Hugo Melo deu uma boa ajuda como já nos habituou, os outros elementos fecharam bem a pega e Rodrigo Pietra rabejou muito bem, entrando cedo ao toiro e saindo-lhe com classe na cara ao fim, para fechar a actuação dos Montemorenses.


O grupo jantou em casa da familia Godinho, onde nos tinhamos ido fardar, que nos receberam muito bem, não fossem eles também do grupo de Montemor. No jantar estiveram presentes os elementos actuais, algumas namoradas, antigos elementos como é o caso de Francisco Borges, Carlos Santos, Francisco Godinho, Manuel Couto e ainda o empresário e amigo Costa. Grande Jantarada!

10 de Junho de 2005

João Freixo

Voltar
com o apoio de