Nome
E-mail
Home | Notícias
Fez-se História em Santarém

Integrada na tradicional Feira do Ribatejo, realizou-se no passado dia 5 de Junho em Santarém mais uma Corrida de Touros, “Corrida Nova Gente”. O cartel composto pelos cavaleiros António Telles, João Salgueiro e Andy Cartagena, juntamente com os grupos de forcados amadores de Santarém e Montemor enfrentavam um imponente curro de Toiros da ganadaria do Eng. Grave.

Em sorte calhou ao Grupo de Montemor um conjunto de Toiros, com uma média de 660 kg, os nossos adversários pesavam respectivamente, 666 kg, 686 kg e 626 kg. Talvez na história do Grupo foi a corrida mais pesada que alguma vez tivemos de enfrentar.

Juntámo-nos ao início da tarde em casa da Família Dentinho, com alguma apreensão e nervosismo as habituais conversas só tinham um tema, “o tamanho dos toiros”. Com o passar do tempo e o aproximar da corrida, os primeiros sentimentos deram lugar à concentração, à vontade e à confiança, mais do que nunca, nada podia falhar.   

Depois das cortesias e com os dois Grupos em praça homenageámos o Grupo de Santarém pelos seus 90 anos de existência, desde sempre os grandes rivais e amigos dos Montemorenses.

O segundo da tarde, o nosso primeiro toiro saiu à praça a impor respeito, de cor russa e com pouca cara, deixou-se lidar pelo cavaleiro João Salgueiro. Para a pega e depois de ele próprio ter demonstrado a sua vontade, o escolhido foi o forcado Manuel Mata. Brindou ao público e citou, com uma postura séria e concentrada andou para o toiro, que cedo investiu. Com uma boa reunião e à barbela entrou pelos ajudas, que determinados fecharam a pega. Com uma primeira ajuda importante de Diogo Campilho e bem rematada pelo rabejador João José Comenda, o Grupo deu o mote para uma tarde de êxito.

O nosso segundo Toiro, saiu à arena anunciado com o peso de 686 kg, durante toda a lide mostrou-se voluntarioso, talvez juntamente com o 5º  foi o toiro mais bravo da tarde, permitindo ao cavaleiro António Telles executar uma boa lide. O forcado da cara Pedro Freixo brindou aos seus pais e mostrou-se ao adversário, este com um porte impressionante investiu duro e com um derrote para o lado desfeiteou o forcado. Com a mesma atitude voltou de novo a provocar a investida ao toiro e com outra boa reunião fechou-se de novo à córnea. Hugo Melo com uma primeira ajuda vistosa e os restantes elementos do Grupo encerraram mais uma pega de grande mérito para os forcados.
 
 Para último apresentou-se em praça para pegar o forcado João Mantas, o seu adversário saiu sério e com pouco andamento, não tendo o cavaleiro espanhol conseguido atingir o êxito. Em nome do Grupo brindou ao amigo e antigo elemento David Mota Ferreira em homenagem a sua mãe. Encaminhou-se para meio da praça e com a alegria que lhe conhecemos mandou no toiro. Este com uma investida lenta encaminhou-se para o forcado, que no tempo certo fechou-se com determinação. Com o grupo coeso e bem finalizada por Rodrigo Pietra Torres, a última pega encerrou uma tarde de êxito para os Montemorenses.

Num espectáculo que viveu dos forcados, o Grupo de Santarém realizou as suas pegas à 1ª, 1ª e 5ª tentativas com grandes momentos. O Grupo de Montemor actuou sem erros, todos os elementos compenetrados e com “ganas de vencer” não deram hipóteses aos toiros, tendo a corrida resultado numa tarde para lembrar sempre. De parabéns está também a grande família de Montemor, os antigos elementos, familiares, amigos ou simplesmente aficionados que estiveram presentes em grande número para nos apoiar. Obrigado a todos.

05.06.2005
Rodrigo Corrêa de Sá

Voltar
com o apoio de