Nome
E-mail
Home | Notícias
75 anos de História

No primeiro fim-de-semana de Setembro, como todos os anos, deu-se a tradicional feira da Luz em Montemor e consequentemente, o Grupo de Montemor actuou no sábado (novilhada) e domingo (corrida comemorativa dos 75 anos).

No sábado dia 6 de Setembro, por volta das 15h, lá estavam os mais jovens do nosso grupo em minha casa, a preparem-se para o seu grande dia, visto que passam o ano todo a acompanhar nas bancadas e neste dia têm a sua oportunidade de mostrarem o que valem para também eles um dia serem Forcados de Montemoor.

Às 17h começou a novilhada onde as pegas iriam ser repartidas com o grupo juvenil das Caldas da Rainha que pela grande amizade com o nosso grupo vieram a Montemor pela primeira vez e esperamos que tenham gostado!

Para o primeiro novilho da tarde, saltou o forcado Zé Maria Vacas de Carvalho, forcado da terra teve aqui a oportunidade de mostrar o seu valor e não defraudou as expectativas, tendo realizada uma bela pega á primeira tentativa!

No segundo da tarde perfilou-se mais um dos nossos forcados de Alcácer, o Miguel Cecilio que á segunda tentativa fez também ele uma boa pega mostrando muita vontade pois foi obrigado a entrar bem dentro dos terrenos do novilho.

Parabéns aos juvenis que mostraram naquele dia que o Grupo de Montemor tem o futuro assegurado por muitos mais anos ao nível que nós conhecemos em 75 anos de História.

No final da novilhada seguiu-se já a tradicional demonstração de pegas dos mais pequenos que fizeram muitas e grandes pegas a duas bezerras e divertiram toda a gente que ali esteve naquela bela tarde de Setembro!

No dia 7 de Setembro era o grande dia, o dia de festejar e relembrar estes 75 anos de alegrias e tristezas, sucessos e alguns insucessos, mas acima de tudo celebrar esta grande família que se tem vindo a construir nestes anos todos, com o suor e dedicação de mais de 370 elementos!

A concentração começou na Igreja de Nossa Senhora da Visitação, nossa madrinha, para a tradicional missa pelo nosso Grupo. Mas às 15h, ai sim, começou a grande reunião de antigos e atuais na escola Secundaria para mais uma tarde de festa e convívio entre as diferentes gerações. Desde os mais novos aos mais velhos, todos em harmonia a fardarem-se, a compartilharem historias e os mais antigos a relembrarem os velhos tempos e sobretudo aqueles que se fardaram a tentarem entrar dentro dos calções.

A corrida começou com uma homenagem ao Grupo com a inauguração de uma lápide no pátio de Quadrilhas por parte da empresa Montemor é Praça Cheia e também por intermédio da Sra. Presidente da Câmara Municipal, Montemor homenageou o seu Grupo de Forcados com uma salva de prata. Dois momentos com muito significado para o nosso grupo!

Sai o primeiro touro e para a pega salta o forcado João Tavares “Peco” que iria fazer a sua última pega no activo pelo Grupo de Montemor. O “peco” saiu como cá andou sempre, brindou ao Grupo e fez uma grande pega a abrir a praça, como nestes últimos anos tanta vez o fez e tão bem! O Peco vai-se embora mas com certeza de consciência tranquila e com o sentimento de dever cumprido, pois foi um dos grandes forcados deste Grupo e vai deixar muita saudade! Olé Forcado!

Para o segundo da tarde o escolhido foi o João Romão Tavares, que tinha um oponente muito serio da ganadaria de Pégoras, e após uma violenta primeira tentativa consumou a segunda com uma grande primeira ajuda do Quim Zé.

Sai o terceiro da tarde e o escolhido foi o Manel Ramalho, depois de uma brinde sentido á sua tia e filha do nosso fundador Simão Malta pegou também ele á segunda tentativa depois de uma primeira tentativa menos conseguida.

Para o quarto da tarde salta a trincheira o Francisco Borges que ao fazer uma grande pega á primeira tentativa embateu violentamente nas tábuas o que lhe provocou uma lesão grave no fígado mas que graças a Deus não passou de um susto e brevemente o vamos ter outra vez ao nosso lado a fazer grandes pegas como só ele sabe!

Para o quinto Noel Cardoso o nosso “Chinês” despedia-se do Grupo de Montemor também ele depois de uma carreira cheia de valor e entrega, fez uma bela pega á primeira tentativa e deu a volta com o seu grande amigo JP que lhe deu uma grande primeira ajuda! Noel vamos todos ter muitas saudades tuas!

Para fechar praça, coube-me a mim a responsabilidade. Peguei á segunda tentativa depois de uma primeira tentativa em que o touro me pôs a cara um pouco alta. Depois de uma época que não me tem corrido bem, esta pega deu-me moral e estou para o que calhar.

Após a corrida seguiu-se o jantar no restaurante “Pôr do Sol” que contou com a presença de perto de 200 pessoas, entre antigos, atuais e amigos, conseguimos ter uma ambiente invejável e digno desta grande família já com 75 anos. Curioso que conseguimos ouvir um discurso de um elemento de cada geração destes 75 anos.

Grande dia!

António Vacas de Carvalho
Setembro 2014 

Voltar
com o apoio de