Nome
E-mail
Home | Notícias
Corrida de Toiros em Coruche

Em Coruche, mais uma limpa.

Foi dia 31 de Maio que o nosso querido Grupo rumou a mais uma tarde de glória, desta vez em Coruche.

Em primeiro quero agradecer o convide que me foi para ver a corrida junto do nosso Grupo. Obrigado António por me deixares mais uma vez estar mais perto de vocês.

Nesta tarde o nosso Grupo divida o cartel com o Grupo de Coruche, sendo eles nossos afilhados. Toiros sérios da prestigiada Ganadaria  Veiga Teixeira, com os pesos entre os 505kg e 595kg, todos eles muito bem apresentados.

Para o nosso primeiro toiro o António escolheu o já consagrado Francisco Borges. O Francisco como já nos habituou esteve perfeito. O toiro saiu condicionado da pata traseira direita, tendo cumprido na lide, chegou à pega cansado. Com a calma que lhe é conhecida, o Francisco citou com  galhardia, teve que entrar nos terrenos do toiro, mas carregando com decisão, o seu oponente saiu, uma reunião sem espinhas do Francisco, contou em muito, para o sucesso desta pega, bem o Grupo a ajudar,destacando a boa ajuda do seu irmão Pedro Borges que saiu um pouco dorido desta pega. O Francisco Godinho rematou bem esta pega, ao estar bem rabejar.

O segundo foi para mim o mais cómodo do nosso lote, saltou para pegar o Filipe Mendes, que vinha de uma pega menos conseguida no ano passado. Bonito a citar, mandando sempre no toiro, carregando na altura certa, reunindo de forma soberba, resultou em mais uma excelente pega. Este toiro podia e devia ter sido melhor ajudado, pois veio pelo seu caminho sempre a empurrar sem maldade nem bater. O nossso Tiago Teles de Carvalho cumpriu com o seu dever a rabejar.

Para o terceiro e quanto a mim o mais complicado, o escolhido foi o Frederico Manzarra. O toiro era um manso encastado, tendo umas arrancadas de bruto no inicio de lide, para a pega já mais cansado, preferiu esperar pelo forcado, saindo depois a passo para este, o Frederico carregou uma, duas, três vezes até que o toiro meteu um galope chouto, bem o Frederico a aguentar parado a sua investida, tendo uma reunião um pouco dura, mas correta, encerrou assim com mais uma pega à primeira a corrida. Na minha opinião o Frederico entendeu bem o toiro, pois acho o facto de aguentado até não conseguir nem poder mais foi meia pega. O grupo ajudou este toiro de forma soberba, destacando a boa primeira ajuda do Joaquim Murteira Correia. Bem rematada esta pega ou por o Tiago ou pelo Francisco, não me lembro mas estiveram bem de certeza.

Seguiu-se mais um grande jantar no restaurante Ponte da Cora,  já começa a ser tradição sempre que se pega em Coruche. Jantar animado, bem animado falo por mim, que me diverti e muito com a malta do meu tempo ainda no ativo e com futuros elementos.

Pelo Nosso Grupo.. Venha vinho...

Gonçalo Saude (Tita)

Fique em seguida com a reportagem fotográfica de Mário Agostinho e Fernando Clemente:

 

Francisco Borges

 

 

 

Filipe Mendes

 

 

 

 

 

Frederico Caldeira

 

 

Voltar
com o apoio de