Nome
E-mail
Home | Notícias
Campo Pequeno e Alcácer: O último fim de semana da temporada

 

3 de Outubro de 2013 - Campo Pequeno (Lisboa)

Quinta-feira, 3 de Outubro, juntou-se o Grupo de Montemor para pegar a primeira corrida no Campo Pequeno, capitaneado pelo António Vacas de Carvalho. Era a corrida de gala que temos vindo a pegar nos últimos anos, um cartel cheio de figuras, com os sérios touros de Fernandes de Castro (três acabaram por ser Passanha), e a pegar com o nosso eterno rival, Santarém. Apesar de ser televisionada, esta corrida tinha todos os ingredientes para chamar os aficionados à praça e assim foi, a praça de Lisboa enfeitou-se com uma bela moldura humana.

Para o segundo toiro da corrida, um castro com 608 kilos, manso, com mau tipo e que andou sempre com a cara muito alta, o António decidiu dar o exemplo e abrir praça. Na primeira tentativa tentou mandá-lo vir de largo mas o toiro tardou a arrancar, obrigando o Cabo a entrar em terrenos de maior compromisso, e mesmo assim nunca investiu franco, não permitindo uma boa reunião e derrotando logo para o lado de maneira a tirar o forcado da cara. Seguiram-se mais duas tentativas sem êxito, para consumar à quarta com as ajudas já carregadas. Não foi, com toda a certeza, a noite com que o António sonhou estrear-se a cabo no Campo Pequeno, mas é de recordar que vem de uma lesão prolongada e não está rodado, tendo pegado só um toiro até então. Não tenho quaisquer dúvidas que que para o ano, recuperado fisicamente, vai voltar às grandes pegas e desforrar-se-á em Lisboa com uma bela pega. Para a história desta corrida, fica o exemplo de valentia de se ter mandado a um toiro que, pelo seu comportamento, volume e tipo, não apetecia a ninguém, e que o António como cabo achou que devia pegar para dar o mote!

Para o quarto da corrida, um passanha com 556 kilos, com muita mobilidade e transmissão, a mostrar que não são todos nhoc-nhoc, foi à cara o Francisco Borges. O Chico fez, quanto a mim, a pega da noite! Após brindar, perfilou-se para citar com classe, elegância e mando, carregou o toiro que se arrancou com muita pata, pena que o tenha carregado segunda vez, pois o toiro trazia tanta velocidade que já não o permitiu recuar tanto quanto devia, ainda assim alapou-se ao oponente que derrotou muito violentamente, desfeiteando-a a meio da viagem porque como é apanágio do grupo as vantagens são para se dar ao toiro. Na segunda tentativa, esteve igual a citar, mandou vir e desta vez sacou-se mais, conseguindo novamente uma excelente reunião e consumando uma grande pega com o grupo de ajudas liderado pelo António Dentinho a dar mais uma vez vantagens, a ajudar eficientemente. Merecida volta, seguida de chamada aos médios. O nosso Chiquinho deixou o público lisboeta, e certamente esses espectadores por Portugal fora, em delírio!

Para o sexto e último toiro da noite, o António elegeu o João Romão para pegar um passanha com 602 kilos. Como de costume, o João citou sereno, mandou no toiro recuou três passinhos, reuniu perfeito e fechou aqueles braços de ferro, para fazer uma longa viagem por baixo muito bem ajudado pelo Joaquim Murteira Correia (Jaquimzé) e pelo restante grupo. O João Romão mais uma vez fez uma pega tão eficaz que aos olhos de quem vê, parece fácil! Em boa hora decidiu que o Grupo poderia contar com ele mais um ano.

O Grupo de Santarém pegou com valentia à 1ª, 3ª e 2ª tentativas, por intermédio de  João de Brito, João Goes e João Torres, que se lesionaram os três e a quem o Grupo de Montemor deseja uma rápida recuperação.

Depois da corrida e de viver um bocadinho o “ambience” do pós-corrida, rumámos ao restaurante U-try do Pedro Cabral, irmão da velha glória do nosso grupo, João Cabral! O jantar foi muito animado, cheio de gataria, onde os mais resistentes se aguentaram (a beber sumo, creio eu) até às oito da manhã!

 

Para o ano há mais Campo Pequeno e maiores triunfos se Deus quiser!

Pelo Grupo de Montemor,

Venha vinho,

Venha vinho,

Venha vinho!

 

João Braga

 

6 de Outubro de 2013 - Alcácer do Sal

Tarde dura em Alcácer!

A convite do cabo António Vacas de Carvalho escrevo estas linhas em jeito de crónica, relativas à Corrida de Toiros que se realizou no passado Domingo (6 de Outubro) na castiça Praça de Toiros João Branco Núncio, em Alcácer do Sal.

O dia começou cedo e mantendo a tradição, a família do Grupo de Montemor reuniu-se na bonita Herdade do Penique, propriedade da Família Mendes. Quero aqui deixar bem expressa toda a “arte de bem receber” dos anfitriões, que foram incansáveis e nos proporcionaram um magnífico almoço, bem como uma companhia fantástica. O meu muito obrigado por um dia tão bem passado!

Perto da hora da corrida e, já com todos os elementos presentes, a rapaziada do Grupo de Montemor iniciou a fardação: um momento sempre intenso, bonito e de grande solenidade. O cabo António deu as indicações para a tarde, num discurso de grande responsabilidade, moralizando o Grupo e dando a força necessária para o desafio que se aproximava. Hora de ir para a praça!

17 Horas, Praça João Branco Núncio, em Alcácer do Sal. Seis toiros da Ganadaria de Passanha Sobral para os cavaleiros João Ribeiro Telles Jr., João Maria Branco e João Salgueiro da Costa. Grupos de Forcados Amadores de Santarém e Amadores de Montemor-o-Novo. Em disputa dois importantes troféus: Galardão João Branco Núncio para o melhor cavaleiro em praça; e em memória do nosso saudoso amigo José Maria Cortes, um galardão com o seu nome, para o melhor Grupo de Forcados em praça.

Ao Grupo de Montemor coube em sorte pegar o segundo, quarto e sexto da ordem. Foram, sem dúvida, os maiores mas também os piores de toda a corrida, saindo com muita dureza nos momentos das pegas.

Desta forma, para pegar o segundo Passanha Sobral da tarde (com 510 Kg), saltou à arena o João Pedro Tavares “Peco”. Depois de brindar ao Céu e ao Zé Maria, esteve calmo no cite, mandou vir o toiro e fechou-se com enorme decisão. O grupo ajudou de forma muito coesa e assistimos a uma grande pega!

Para o quarto toiro da tarde (o mais pesado da corrida com 620 kg), o escolhido foi o Frederico Caldeira “Manzarra”. Brindou a pega ao Jorge Mendes, agradecendo toda a amizade e hospitalidade com que recebeu o Grupo em sua casa. Depois de duas reuniões difíceis - com o toiro a derrotar alto - o Frederico manteve a alma (e a calma) e com muito querer fechou-se à terceira tentativa, com o grupo a resolver bem e ajudar coeso nesta dura pega.

Para o sexto e último toiro da tarde (com 570 Kg), saltou à arena o forcado Filipe Mendes. Num gesto que me apanhou de “surpresa”, o Filipe dirigiu-se a mim, brindando-me a pega em seu nome e em nome do Grupo de Montemor e, com bonitas palavras, enalteceu a grande amizade que me une a todo o Grupo, bem como o todo o apoio que sempre lhes tento transmitir com a minha humilde presença. Confesso que fiquei muito sensibilizado com este acto e agradeço profundamente o mesmo, reforçando a minha estima e amizade por todo o Grupo!

O toiro foi muito complicado e deu luta “até mais não”! Tinha uma força bruta imparável e isso notou-se no momento da pega. O Filipe reuniu bem mas o toiro derrotou fortíssimo, magoando-o felizmente sem gravidade. Para o dobrar, o escolhido foi o Manuel Ramalho. Três tentativas estóicas e uma luta imparável. Também o Manuel se lesionou e recolheu à Enfermaria. Para finalmente consumar a pega, saltou o Francisco Borges que se fechou rijamente na cara do toiro, conseguindo parar este complicadíssimo Passanha Sobral. O grupo não baixou os braços e ajudou com determinação a resolver, consumando-se assim esta difícil pega! Estiveram todos valentes!

 

Pelo Grupo de Forcados Amadores de Santarém pegaram os forcados Lourenço Ribeiro, António Taurino e Henrique Ferreira, todos bem e à primeira tentativa.

No final da corrida foram atribuídos os prémios em disputa nesta corrida: o Galardão João Branco Núncio foi entregue, por um representante da família Núncio, ao cavaleiro João Ribeiro Telles Jr.; o Galardão José Maria Cortes foi entregue, pelo grande João Cortes, ao Grupo de Forcados Amadores de Santarém. 

Uma corrida dura para o “meu” Grupo de Montemor! Mas uma tarde onde todos mostraram enorme garra, determinação e uma grande alma, perante a dureza dos Passanha Sobral que lhes calharam em sorte! Um grande Olé para todos!

Agradeço mais uma vez ao cabo António Vacas de Carvalho o convite que me fez para escrever estas linhas, bem como toda a grande amizade e respeito que me une ao Grupo, reflectida no brinde feito pelo Filipe Mendes! E pelo Grupo de Montemor… Venha vinho! Venha vinho! Venha vinho!

 

Miguel Soares

Alcácer do Sal, 6 de Outubro de 2013

 

Veja ainda os vídeos das últimas duas corridas da temporada nos seguintes links:

Campo Pequeno:
1º Toiro - Fernandes de Castro - 608 kg
1ª tentativa António Vacas de Carvalho: http://www.youtube.com/watch?v=dXiFvMEtbWE&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A
2ª tentativa António Vacas de Carvalho: http://www.youtube.com/watch?v=xklFo8zqb_w&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A
3ª tentativa António Vacas de Carvalho: http://www.youtube.com/watch?v=LUODb5Ip2zY&feature=c4-overview&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A
Pega à 4ª tentativa António Vacas de Carvalho: http://www.youtube.com/watch?v=wYXaGZ5SiEo&feature=c4-overview&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A

2º Toiro - Passanha - 556 kg
1ª tentativa Francisco Borges: http://www.youtube.com/watch?v=x_ftoRj_jCk&feature=c4-overview&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A
Pega à 2ª tentativa Francisco Borges: http://www.youtube.com/watch?v=_pYMNoImGCY&feature=c4-overview&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A

3º Toiro - Passanha - 602 kg
Pega à 1ª tentativa João Romão Tavares: http://www.youtube.com/watch?v=8-_SjQZKmyw&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A

Alcácer do Sal:
1º Toiro - Passanha Sobral - 510 kg
Pega à 1ª tentativa João Pedro Tavares: http://www.youtube.com/watch?v=otJFeWCD2Qc&feature=c4-overview&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A

2º Toiro - Passanha Sobral - 620 kg
1ª tentativa Frederico Caldeira: http://www.youtube.com/watch?v=RfPm2Tuq_Vs&feature=c4-overview&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A
2ª tentativa Frederico Caldeira: http://www.youtube.com/watch?v=pUsSMabnzz8&feature=c4-overview&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A
Pega à 3ª tentativa Frederico Caldeira: http://www.youtube.com/watch?v=SkpDKbxRF5g&feature=c4-overview&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A

3º Toiro - Passanha Sobral - 570 kg
1ª tentativa Filipe Mendes: http://www.youtube.com/watch?v=EXvxOWg834M&feature=c4-overview&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A
3 tentativas de Manuel Ramalho a dobrar Filipe Mendes, e pega de Francisco Borges na sua 1ª tentativa a dobrar Manuel Ramalho: http://www.youtube.com/watch?v=MekFaGwOfkM&feature=c4-overview&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A

Voltar
com o apoio de