Nome
E-mail
Home | Notícias
Corrida de Toiros em Montemor

A CORRIDA HISTÓRICA!!!... DA SAUDADE E DA ESPERANÇA!!!...

 

       

Montemor-o-Novo, 01 de Setembro de 2013, Feira de Luz.

 

Há muito, durante o frio rigoroso do Inverno, que o Zé Maria tinha decidido despedir-se e entregar a Chefia do Grupo. Para o efeito, foi marcada a data de 01 de Setembro.

Escolhido por todo o Grupo, estava encontrado o novo Cabo. Esta recaiu sobre um filho da terra, Forcado de dinastia e uma das grandes certezas do "Escalafon" do Forcado Amador, o António Vacas de Carvalho.

Estavam reunidos todos os requisitos para que fosse um dia de festa, de alegria do dever cumprido, de amizade e de reunião desta Família impar que é a do nosso Grupo. Para que tudo fosse perfeito, a Rita (a sua Bebé), cumpria neste dia mais um aniversario!!!...

O NOSSO Zé Perfeito, tudo tinha pensado!!!...

Mas......Deus assim não quis!!!...E numa noite de Junho, depois de um acto tresloucado de um cobarde, resolveu levá-lo para seu lado, deixando-nos a todos no vazio de uma enorme tristeza, privados da sua companhia terrena, que a cada dia que passa, nos deixa mergulhados numa saudade cada vez mais dura de suportar.

Assim, lá do alto do grande "Ruedo" do Céu, o "NOSSO ETERNO CABO", teve a alegria de ver a linda, velhinha e emblemática Praça de Toiros de Montemor quase repleta de aficionados, anónimos, o Pai João, a Mãe Ana, a Irmã Joana, a Esposa Rita, os seus Sobrinhos, restante família, amigos e muitos de todos aqueles que constituem a "NOSSA ENORME FAMILIA do GRUPO", bem demonstrativa de nossa força e união, prestar-lhe uma linda, sentida e justa homenagem, com a perpetuação do seu nome no Pátio de Quadrilhas, através de uma Lápide descerrada por seu Pai, antigo Cabo e "NOSSA LENDA VIVA", JOÃO CORTES, que a todos deu uma lição de valentia, estoicismo e sobretudo de uma infinita dignidade!!!!....

Passadas que foram as cortesias, em que se fardou pela primeira vez o seu sobrinho António, o continuador da geração Cortes, marcaram presença fardados algumas dezenas de ANTIGOS FORCADOS, dentro de um ambiente único de simbolismo, emoção e amizade, caracterizado por um misto de sentimentos, onde pontificaram a saudade, o inconformismo, a revolta e a impotência, mas ao mesmo tempo a esperança no futuro, ajudados com a protecção, força, raça e valentia sublime desse enorme FORCADO DE ELEIÇÃO E CABO que foi ZÉ MARIA CORTES, cujo exemplo terá de ser seguido e respeitado, a fim de se elevar ainda mais o PRESTIGIO e o LEGADO que ele nos deixou, na continuidade crescente de todo um enorme Património de êxitos desde a NOSSA FUNDAÇÃO, procedeu-se então à passagem simbólica de testemunho.

Para o efeito, e com a presença dos antigos Cabos António José Zuzarte, Paulo Vacas de Carvalho e Rodrigo Correia de Sá, o também antigo Cabo e seu Pai João Cortes, fez a entrega da JAQUETA ao NOSSO novo Cabo António Vacas de Carvalho. Foi um momento inolvidável marcado pela saudade, comoção e solidariedade, que jamais se apagará da memória e coração de todos os que estivemos presentes.

A actuação do Grupo nos seis toiros de Cunhal Patrício, que cumpriram, com pesos que oscilaram entre os 420 kg, este teve de sair de sobrero, dado que o primeiro toiro se lesionou de saída, e os 515 Kg, foi à Grupo de Montemor. Todos os Forcados a darem vantagens e o Grupo a fechar sempre superiormente nas ajudas. Foram pegados por António Vacas de Carvalho, João Romão Tavares, Francisco Borges, João Caldeira, o meu "Maestro", que se despediu, Filipe Mendes e Frederico Manzarra Caldeira. Destacar algum, seria uma injustiça para todos.

O NOSSO ZÉ MARIA, foi brindado com uma actuação à altura da sua grandeza e prestigio.

De todos os brindes, destaco o da sua Esposa Rita pelo João Romão Tavares e á sua Mãe Ana pelo Frederico Manzarra Caldeira.

Todos os Cavaleiros brindaram ao Céu, ao novo Cabo, ao Pai João Cortes e ao Grupo. Cada um dentro do seu estilo, estiveram por cima dos toiros, proporcionando uma tarde agradável de toureio a cavalo.

Zé Maria, que Deus te dê o lugar que bem mereces nesse imenso "Ruedo" dos Céus. Que descanses em Paz!!!...Todos pedimos a tua DIVINA PROTECÇÃO!!!!...

António, recebes uma pesada, mas honrosa herança. Tenho a certeza que na senda de todos os outros e em crescendo, irás ser um ENORME CABO, congregando todos num só, em que a amizade e espirito de entreajuda seja uma constante presença, continuarás enriquecendo ainda mais o ENORME PRESTIGIO já alcançado.

Desejo-te a MAIOR SORTE DO MUNDO e que DEUS VOS PROTEJA SEMPRE.

Pelo Zé Maria!!!...

Pelo António!!!...

Pelo Grupo de Montemor!!!...

Venha vinho!!!..Venha Vinho!!!...Venha Vinho!!!...

 

Évora, 03 de Outubro de 2013

Joaquim Murteira Correia

Voltar
com o apoio de