Nome
E-mail
Home | Notícias
Corrida de Toiros nas Caldas da Rainha

No passado Sábado (27 de Julho) o grupo de Montemor rumou ao Oeste. Primeiro para a missa pelo nosso Cabo Zé Maria, que nos encheu o coração de força e determinação, e depois para a corrida nas Caldas da Rainha.

A missa foi na bonita Quinta do Bom Sucesso, onde o grupo recebeu a benção e interiorizou toda a energia que o Zé Maria sempre nos emanou.

Mais tarde foi para a casa da família Valério, para então começar a fardação e dirigir-se à praça das Caldas.

A praça estava bem composta e contava com a presença da Rita e João Cortes  e da família Abranches Costa, bem como os muitos apoiantes do grupo que tanto têm apoiado nesta altura.

Os toiros tinham cerca de 480 Kg, embora não fossem grandes, apresentavam algum temperamento para as pegas.

Para o primeiro toiro da noite saltou o forcado João Caldeira, com a responsabilidade de abrir a corrida, brindou aos céus, responsabilidade acrescida. O toiro durante a lide cumpriu, mostrando apenas que poderia ter um primeiro derrote “bruto”. Assim foi, o João citou bonito e mandou no toiro, mas a seguir à  reunião o derrote foi forte demais e o Caldeira deu uma voltareta. Na segunda tentativa, já mais prevenido, aguentou o primeiro derrote e consumou a pega, tendo que brigar porque o toiro tentou tirar a cabeça várias vezes.

Para o segundo foi o Filipe Mendes que se falava que não pegava à muito tempo, não deu mostras disso, brindou à Rita e foi para o meio da arena. Embora o toiro não apresentasse grandes problemas o Mendes também não os provocou, fazendo uma pega limpa e com bastante à vontade.

Para o terceiro foi o Manel Ramalho, que brindou à família Abranches Costa, o toiro manso protegido em tábuas pedia que o forcado o fosse buscar, e assim foi, o Manel não o foi buscar arrancou-se a ele para o “comer”, o toiro investiu ao segundo carregar do forcado que reuniu duro e alto, depois levantou a cabeça com o Manel fechado na cara e de repente voltou para trás, obrigando o rabejador Francisco Godinho a ajudar, terminando assim uma bela pega.

Depois da corrida o grupo voltou para a casa da família Valério, onde foi recebido com um simpático jantar na piscina com vista panorâmica para o Oeste.

Quero agradecer ao António o convite para acompanhar o grupo mais de perto,

E pelo Zé Maria e pelo Grupo de Montemor venha vinho,

Um grande abraço,

Rodrigo Pietra

Voltar
com o apoio de