Nome
E-mail
Home | Notícias
Corrida de Toiros em São João da Pesqueira

Foi no passado dia 1 de Setembro de 2011 que nos deslocámos até São João da Pesqueira para pegar uma corrida de toiros da ganaderia Lampreia, fazendo parte do mesmo cartel os forcados de Coimbra e os toureiros Luís Rouxinol, Pedro Salvador e Tomás Pinto. Os Lampreia sairam sérios e a pedir contas a cavaleiros e forcados. 

Antes de falar das pegas queria falar do nosso cabo "Peco",visto que o José Maria não pode estar presente por se tratar de um dia de semana, onde se encontrava a trabalhar, mas não há dúvida que o papel foi desempenhado da melhor forma pelo João Tavares. O nosso primeiro touro foi pegado pelo Manuel Dentinho à terceira tentativa, era um touro sério e que foi muito manso no cavalo, o Manuel fez três pegas, apesar de não aguentar muito o touro as reuniões foram boas e agarrou-se sempre bem, sendo que na minha modesta opinião faltaram um pouco de ajudas para resolvermos esta pega à primeira tentativa como é apanágio do nosso grupo.

Para pegar o nosso segundo touro foi à cara o forcado Francisco Godinho "Sacaio", na altura em que o Sacaio começou a citar o touro, chovia torrencialmente, o que gerou um alarido do muito público presente e que podia ter desconcentrado o forcado, mas não foi o caso, esteve muito bem a citar apesar de a reunião não ter sido perfeita agarrou-se muito bem ao touro, bem ajudado por todo o grupo com destaque para o primeiro ajuda Mim Garcia.

Para o último touro estava guardado o nosso querido Bruno Palmeiro "Gel", o touro foi muito manso no cavalo tal como o nosso primeiro e tinha poder, o "Gel" não esteve nos seus dias e não compreendeu o touro como o deveria ter feito. Na primeira tentativa não conseguiu reunir com o touro. Na segunda tentativa o forcado faz tudo bem, depois de uma boa reunião fez uma viagem longa onde faltaram os ajudas para se poder concretizar o que seria uma grande pega. Na terceira tentativa infelizmente o forcado da cara saiu magoado num ombro e teve de ser dobrado pelo Francisco Borges, que na quarta tentativa e já para resolver pegou um touro que se ia tornando mais sério de tentativa para tentativa, o Francisco é um forcado de geração que tem vindo a subir de corrida para corrida, esteve valente como se pedia e resolveu bem uma pega que foi vistosa com destaque para o terceira ajuda de Manuel Ramalho. Antes de termirar esta crónica queria deixar uma palavra aos lesionados que foram muitos, ao Francisco Reis, João Megre e Bruno Palmeiro desejo as rápidas melhoras e que fiquem bons rápidamente que precisamos de vocês para continuarmos a ser o que sempre fomos "OS MELHORES".

Por último e porque os últimos são os primeiros não queria deixar de agradecer a maneira como fomos recebidos, foi sem dúvida espectacular, tivemos direito a tudo o que se possa imaginar, fardação, jantar e dormida, não nos faltou nada. Foi sem dúvida memorável e inesquecivel a maneira como os Senhores Francisco e Maria Teresa Rodrigues e seus filhos nos receberam, em nome do Grupo de Montemor fica aqui o nosso agradecimento por tudo. E agora venha a feira da Luz, as festas da nossa terra...

                                                

 

Frederico Manzarra Caldeira

Voltar
com o apoio de