Nome
E-mail
Home | Notícias
15 de Agosto em Reguengos

Na data mais aficionada do calendário taurino, o Grupo de Montemor teve o prazer de actuar em Reguengos de Monsaraz, local onde muito da história do Grupo tem sido escrita.
Desta feita, tínhamos encontro marcado com um curro muito bem apresentado de D. Jose Luis Pereda. O restante cartel era constituído Grupo do Aposento da Moita e  pelos cavaleiros João Salgueiro, Vítor Ribeiro e João Ribeiro Telles (Jr.).
 
Para o nosso primeiro toiro, foi escolhido o forcado João Cabral. Após o brinde ao público, mostrou-se a um toiro andarilho e aproveitou esse facto para o carregar e concretizar uma vistosa reunião no meio da praça. Com os ajudas a dar vantagens, o Cabral teve de aguentar fortes derrotes durante a  viagem que fez, realizando uma vistosa pega à 1.ª tentativa.
 
O terceiro toiro da tarde, que apresentava algumas dificuldades, foi escolhido o João Pedro Tavares para as superar. Brindou a pega ao antigo elemento Francisco José Godinho. Com calma e toureria,  partiu “cá de trás” para o toiro. Estando o hastado refugiado em tábuas, o Peco teve de pisar terrenos de compromisso, carregou , “sacou-se” e reuniu melhor. O toiro não se deu de vencido e tentou despejar o nosso Peco, no entanto, os seus braços, garra de vontade de ficar foram argumentos mais que suficientes para levar o toiro de vencido à 1.ª tentativa. Oportuna a entradas dos ajudas, que uma vez mais se mostraram coesos e eficazes.
 
Para rematar a nossa actuação foi escolhido o “Maestro” João Caldeira. O Caldeirinha brindou a pega á empresa "Toiros e Tauromaquia", andou a gosto para o toiro com a classe que todos reconhecemos. Mandou na sorte, carregou o seu oponente no momento certo, trouxe-o à voz e recuou na sua cara, mas no momento da reunião o toiro não pôs a cara, desfeiteando o forcado. O Caldeirinha não esmoreceu e voltou a enfrentar o toiro com a mesma vontade e garbo que demonstrara na 1.ª tentativa. Infelizmente, o toiro voltou a revelar o mesmo comportamento, impossibilitando a reunião. Nesta 2.ª tentativa, o Caldeirinha acabou por sair lesionado numa mão.
 
Para o emendar, saltou o Filipe Mendes, que tem mostrado desde a última época a sua eficácia nas dobras. Ainda que o Mendes tenha feito tudo como mandam as regras, o toiro voltou a fazer um estranho no momento da reunião, impossibilitando, uma vez mais uma reunião ao forcado. Na derradeira tentativa, e já com o toiro colocado num novo local, o Mendes provocou uma investida franca do seu adversário possibilitando uma boa reunião. Numa 4.ª tentativa em que se pedia principalmente eficácia, os ajudas não deixaram os seus créditos por mãos alheias.
 
Um agradecimento especial a familia Godinho pela forma como mais uma vez nos recebeu em sua casa.

Pelo GFAM venha vinho....

Venha...

 

Noel Cardoso

Veja aqui as pegas do grupo:

http://www.youtube.com/watch?v=lXIbJMhntwk João Cabral

http://www.youtube.com/watch?v=h4N7prmWsgo João Pedro Tavares a.k.a "Peco"

http://www.youtube.com/user/GFAMontemor?blend=21&ob=5 Felipe Mendes

Voltar
com o apoio de