Nome
E-mail
Home | Notícias
Corrida de Toiros em Alcácer do Sal

Fomos, num dia de muito calor, muito bem recebidos, mais uma vez, no Monte de Penique, em Alcácer. Almoço típico para quem foi mais cedo, petiscos para quem chegou mais tarde, e a piscina sempre à disposição. A família Mendes abriu-nos as portas em dia de mais uma corrida do Grupo, e agradecemos a toda a família a forma como ano após ano (e várias vezes ao ano) nos tem recebido. Pena que desta vez tenha sido a um Domingo, porque com o calor que estava um mergulho no canal ao nascer do sol teria sido muito refrescante…

O dia ficou marcado pela estreia da Ganadaria de Arriaga, com um curro que tinha estado anunciado para a cancelada corrida de Montemor, em Maio. Aproveitamos para dar os parabéns e desejar os maiores triunfos ao novo ganadero, Dr. Caetano Oliveira Soares. Do restante cartel faziam parte os cavaleiros Luís Rouxinol, Rui Fernandes e João Telles Jr., e os Grupos de Montemor e Lisboa.

Tal como tem acontecido muitas vezes esta época, a incógnita em relação a quem iria pegar manteve-se, mais uma vez, até ao momento da entrega de cada touro. Alguns “mais novos”, pela regularidade e eficácia que têm demonstrado, aumentam em muito o leque de opções para o Zé Maria, e colocam-se na mesma linha dos “mais velhos”, aumentando o suspense em relação a quem pega, em qualquer praça, e dinamizando uma competição saudável. Excepção feita, nesta corrida, ao (Ro)Mendes, que por ainda não ter pegado esta época, já adivinhava que viria carne (e muita!) para o seu lado.

Assim, pegaram os nossos 1º (510 Kg) e 2º (490 Kg) touros, à 1ª tentativa, o António Vacas de Carvalho e o Xico Borges, respectivamente. Fizeram uso da sua técnica, estiveram com presença em praça, e fizeram duas pegas limpas, mostrando o bom momento que atravessam, muita vontade e que o Grupo pode contar com eles para pegarem cada vez mais em corridas de maior importância. Destaque para as 1as ajudas do Quim zé e do Dentinho.

Para pegar o nosso 3º touro, com 610Kg, foi escolhido o forcado da terra, Filipe Mendes, que andou com calma para o touro, tentou mandar, mas o touro fechou-se em tábuas e, quando se arrancou, com um aviso, saiu descomposto, dificultando a reunião ao Mendes que, mesmo assim, só foi despejado por o touro ter afocinhado antes de chegar aos ajudas. Na 2ª tentativa foi com a mesma determinação, conseguiu mandar no touro, fê-lo vir um pouco mais de largo e, com uma boa 1ª ajuda do JP e do restante grupo, consumou uma boa pega, com o touro a empurrar até às tábuas.

Fechámos este dia com um jantar muito animado no restaurante Hortelã da Ribeira, cheio de gente nova, com a presença de muitos antigos elementos, e onde os discursos foram o momento alto da noite.

Vem aí um Julho com corridas muito importantes, onde todos vão ser fundamentais para que este mês fique marcado por grandes triunfos do Grupo de Montemor. Aos forcados actuais pedimos que se preparem física e psicologicamente; aos antigos e amigos/as do Grupo pedimos que marquem presença para nos apoiar nestas corridas (S. Cristóvão, Moura, Évora, Campo Pequeno e Caldas da Rainha).

29 Junho 2011

João Cabral

Voltar
com o apoio de