Nome
E-mail
Home | Notícias
Corrida de Toiros em Vila Franca de Xira

Foi no passado dia 25 do presente mês que rumámos a terras ribatejanas, mais precisamente a Vila Franca de Xira. No cartel constavam os cavaleiros Agostinho Silva em tarde de alternativa, Luis Rouxinol que o apadrinhava e Rui Fernandes, sua testemunha. Para pegar um curro de Graves com 4 anos de idade perfilavam-se os forcados de Montemor e Vila Franca de Xira. Os toiros que nos couberam em sorte faziam-se anunciar com os seguintes pesos: 500 kg, 520 kg e 500 kg.


Abriu praça o forcado João Cabral que em tarde de reencontro com os Graves, o “herói” tinha uma grande responsabilidade. Começou cá de trás como é apanágio no nosso grupo e cumprindo todos os tempos da pega concretizou uma boa e vistosa pega ao 1º intento, de destacar o grupo jovem mas no entanto bastante coeso a ajudar. Também de destacar foi o desempenho do forcado Rodrigo Pietra Torres “Gladiador” na arte de rabejar.


Para pegar o nosso segundo toiro foi escolhido o Pedro Santos, um forcado experiente e já bastante reconhecido que mais uma vez fezs o que lhe competia e com uma arrancada pronta do toiro a experiencia veio ao de cima e fez com que o Pedro nao “perdesse os papéis”, sem ter conseguido uma reunião perfeita conseguiu uma boa pega sem complicações de parte a parte. Rematou a pega com uma boa rabejação e a mostrar que sabe fazer mais que pegar de caras o forcado João Tavares “Peco”.


A fechar a actuação do Grupo perfilava-se o forcado João Mantas, tratado carinhosamente no seio do grupo como “Mantinhas”, é um forcado com muitos anos de experiencia e é daqueles que vai certamente ser relembrado na história da forcadagem, principalmente na história do Grupo de Montemor, pela dedicação, esforço, amizade que o caracteriza e principalmente pelas pegas extraordinárias que todos o vimos realizar e nao vai ser esta tarde menos boa que irá manchar a sua grande caminhada como forcado, é por tudo isto que considero inglório aquilo que se passou nesta tarde em que o mantinhas apenas conseguiu concretizar a sua pega ao 4º intento, com as ajudas já carregadas o que fez com que a pega não obtivesse o brilho desejado. A sorte foi rematada com uma bonita rabejação pelo carismático Rodrigo Pietra Torres.


O Grupo de Vila Franca concretizou as suas pegas ao 2º, 1º e 2º intentos por intermédio dos forcados Márcio Francisco, Bruno Casquinha e Ricardo Patusco, respectivamente.


Agradecemos desde já ao Grupo de Vila Franca pelo excelente jantar que nos proporcionou na sua tertúlia, com um fabuloso repasto e com um ambiente ainda melhor. A noite foi longa e divertida e como sempre contámos com o anfitrião e grande amigo “Caló”, que tornou o jantar bastante animado com os seus discursos, canções e claro com o modo como introduziu todos aqueles que falaram como por exemplo “o forcado que teve perdido de bem” - João Mantas.


A próxima corrida é já dia 2 de Agosto em Morais no distrito de Bragança, esta corrida marca a digressão anual do nosso Grupo e lá estaremos para pegar os 6 Vinhas.

Pelo Grupo de Montemor, Venha vinho!

 Francisco Borges Jr.

 29 de Julho de 2009

Voltar
com o apoio de