Nome
E-mail
Home | Notícias
Corrida de Toiros em Arraiolos

 10ª Corrida de Toiros
 
 Cabo Zé Maria pediu-me para fazer a crónica da corrida o que para mim é uma honra.
 
 
 Numa tarde quente e um pouco enevoada, com cerca de ½ casa fraca o nosso Grupo partilhava cartel com o Grupo de São Manços e com os cavaleiros Pedro Salvador, Marco Bastinhas e o praticante Tomás Pinto. Os toiros, anunciados em cartel, pertenciam ás Ganadarias de Lopes Branco e Pedro Santos Lima.
 
O 1º toiro da tarde, pertencente á ganadaria Lopes Branco, saiu á Praça anunciado com o peso de 380kg. A abrir Praça o Cabo Zé Maria deu o toiro ao Francisco Godinho mais conhecido pelo “Sacaio”. Depois de um brinde a Joaquim Maria Mira Ramalho Franco, o anfitrião da fardação, citou o toiro com alegria, com uma presença em praça muito própria, mandando no toiro carregou em tempo oportuno provocando a investida e concretizando a pega á 1º tentativa com o grupo a ajudar coeso e sem dificuldades.   
 
O 2º toiro do Grupo, pertencente á Ganadaria de Pedro Santos Lima, anunciado com 465kg, foi para a cara o Tiago Telles de Carvalho, brindou-me a pega e ao Gonçalo Mira Pereira ao qual eu agradeço a sua atenção para connosco. Citando de largo e reunindo muito bem efectuou a pega ao 1º intento sem dificuldade com o grupo a ajudar com valentia.
 
O 3º toiro do Grupo de Montemor pertencia á Ganadaria Prudêncio e saiu anunciado com 445kg. Quanto a mim foi o toiro mais incómodo da corrida pois durante toda a lide procurou tábuas investindo apenas quando lhe entravam nos terrenos.
Carlos Cardoso foi o forcado que Zé Maria escolheu para este toiro. Depois de um brinde a José André, citou de largo deixando o toiro respirar e recuperar o fôlego. Com a calma que lhe é habitual entrou pelos terrenos do toiro mas desfazendo a pega por este não investir. Mudou-se um pouco os terrenos ao toiro mas este com a crença em tábuas fechou-se novamente fazendo com que o Carlos com muita valentia o fosse lá buscar a cima (onde a boca seca e encortiça) provocando a investida tendo uma reunião muito boa com o toiro a meter a cara ao alto na viagem e o resto do Grupo coeso a ajudar bem efectuado assim uma bonita pega á 1º tentativa.
 
 
O Grupo de S. Mancos pegou os toiros que lhe couberam em sorte á 2ª, 4ª e 2ª respectivamente.
 
Mais uma corrida á Grupo de Montemor onde a presença em praça, o respeito e o saber estar em todas as situações se fez notar.
 Quero também dar os parabéns pelas excelentes ajudas dadas, fazendo com que o difícil pareça fácil, assim como os parabéns aos forcados que normalmente pegam de caras e hoje em Arraiolos mostraram que também estão capazes na arte de rabejar.
 
Depois da corrida dirigimo-nos para a Herdade “Vale Melão” pertencente á Família Mira Ramalho Franco que nos ofereceu um fabuloso lanche, num ambiente familiar e muito acolhedor com a presença de vários antigos elementos.
 Pena que fosse Domingo, véspera de dia de trabalho pois as partidas de regresso a casa começaram a sentir-se cedo.
 
Agradeço ao Joaquim Maria e Família toda este recepção e a amabilidade que tiveram para com o Grupo.
 
Boa sorte para o resto da temporada
 
E pelo Grupo de Montemor
Venha Vinho… Venha Vinho… Venha Vinho… Bota Abaixo
 
 
Abraços
Carlos Martins

Voltar
com o apoio de