Nome
E-mail
Home | Notícias
Campo Pequeno, uma noite para recordar.

Campo Pequeno, 4 de Junho de 2009, vai ser sem dúvida uma data a recordar.

Vamos por pontos:

Cavaleiros: Joaquim Bastinhas, Luís Rouxinol e António Maria Brito Paes.
6 Toiros: Graves, 4 anos de idade e pesos entre os 590kg e os 686kg, curro com uma seriedade e apresentação impressionante.
Forcados: Amadores de Montemor

Viveu-se na noite de quinta-feira passada no Campo Pequeno um ambiente indescritível, desde o fim da tarde e até muito depois do fim da corrida. O apoio ao Grupo por parte dos antigos forcados, famílias e amigos fez-se sentir de uma forma extraordinária. Sentia-se com expectativa e ansiedade uma corrida como há muitos anos não s via em Lisboa, um único grupo para pegar um curro de toiros sério, ou melhor, muito sério.

A fasquia estava alta e o público correspondeu enchendo o Campo Pequeno e, tornando a 1ª praça do país com um ambiente que só ali se pode sentir e respirar.

Antes de tentar escrever o que se passou nos 6 toiros pegados pelo Grupo, devo salientar que enfrentar 6 Graves com aquele tamanho e trapio, da forma como fizeram, só está ao alcance dos melhores. Dar vantagens, mandar nos toiros e deixar o primeiro ajuda cá atrás custa…, custa muito, mas, foi isso que aconteceu e é assim que o Grupo de Montemor sabe e, gosta de pegar. Bem hajam.

Para a pega do 1º toiro da noite, 638kg, saiu o Peco (João Tavares), forcado com provas dadas e que atravessa um grande momento. Demonstrou à vontade e serenidade, esteve bem com o toiro, mandou e fechou-se melhor ainda com o Grupo a ajudar bem.

Estava dado o mote para uma grande noite de pegas.

Para pegar o 2º toiro, com 600kg, foi escolhido Rodrigo Pietra Torres, forcado experiente, muito útil e de uma polivalência como poucos. Concretizou uma valente e séria pega à 2ª tentativa, depois de na 1ª ter sido pisado pelo toiro na viagem, obrigando o forcado a citar de novo.

Para o 3º toiro estava guardado o momento alto da noite. Num Grupo de Forcados não interessa quem faz a melhor pega mas, esta era a noite de João Cabral. Brindou emocionado à claque (e que grande claque) que estava concentrada no sector 5, vai para o toiro a mandar do princípio ao fim do cite (silêncio absoluto nas bancadas) com elegância e tranquilidade, fez vir o toiro para durante a viagem suportar derrotes muito violentos agarrando-se com alma e coração até o Grupo conseguir ajudar e fechar a pega. Foi um momento de alegria enorme para todos os que puderam ver…, Campo Pequeno ao rubro, palmas e mais palmas, volta e mais volta, Bravo João.

Pedro Santos foi o escolhido para o 4º da noite, com 630kg e fê-lo da melhor maneira, até parece fácil quando se pega assim, bem ajudado pelo Grupo.

Para pegar o 5º toiro sai João Mantas, forcado da terra (filho de outro grande forcado) pega com toda a categoria e distinção este penúltimo toiro que só pesava 610kg. Mandou, reuniu bem e agarrou-se com unhas e dentes até o toiro chegar ao Grupo e este conseguir fechar.

O último toiro já todos sabíamos quem ia pegar e, o Cabo não fez a coisa por menos, ainda por cima escolheu o maior, com uns impressionantes 686kg – Cabo é Cabo – Por tudo isto o Zé Maria merecia ter fechada a corrida doutra maneira mas, este toiro era diferente dos outros, mais Grave. E assim depois de 2 tentativas e uma grande voltareta resolve o problema à 3ª tentativa com muita vontade e querer.

Estava assim acabada esta grande noite de pegas, não sem antes o Grupo ter sido chamado à praça para uma merecida volta de agradecimento no último toiro, terminando a corrida em clima de grande festa.

Uma palavra para os três cavaleiros que tiveram boas actuações e que com amabilidade todos eles brindaram ao Grupo de Montemor pelos seus 70 anos.

Também o ganadeiro estava de parabéns, pois os toiros além de uma apresentação magnífica saíram bravos, correram atrás dos cavalos, andaram nos médios e proporcionaram espectáculo e emoção durante toda a corrida.

Por último resta-me agradecer ao Grupo, forcados da cara, 1ºs ajudas (Tó Sá, Hugo Melo e JP), restantes ajudas e rabejadores, uma noite de pegas extraordinárias, uma noite cheia de emoções e alegria, um grande encontro de antigos, actuais e futuros elementos do Grupo de Montemor.

Um abraço a todos.
Pedro Mira

 

  • Crónicas:

Tauromania
http://www.tauromania.pt/noticias_detail.php?typ=cronicas&aID=3577

Toureio.com
http://www.toureio.com/index1.htm

  • Filmes:

TVI (a partir do minuto 10)
http://www.tvi.iol.pt/mediacenter.html?mul_id=13141142&load=1&pos=7

Youtube
http://www.youtube.com/watch?v=gW1J6OgXOhw

Caras
http://aeiou.caras.pt/video-noite-de-emocoes-fortes-em-mais-uma-corrida-caras=f21908

  • Fotografias

http://www.tauromania.pt/noticias_detail.php?typ=reportagens&aID=3580

http://www.solesombra.com/reportagem-fotográfica/campo-pequeno-4-junho/

http://www.toureio.com/index1.htm

http://www.forcadosdemontemor.com/noticias_detail.php?aID=1599

 


 

Voltar
com o apoio de