Nome
E-mail
Home | Notícias
Corrida de Toiros em Beja (Ovibeja)

CORRIDA DE TOUROS DE HOMENAGEM AO GANADEIRO E GRANDE AFICIONADO SR. JOSÉ BAPTISTA CRUZ E CRUJO.


O Cabo Zé Maria manifestou o desejo que eu comentasse a corrida que o nosso Grupo pegou no passado dia 2 em Beja.
Como tal, só há que cumprir, tentando desde já dar o meu melhor e do que for capaz.

Tratava-se de uma justíssima homenagem a uma “Lendária Figura” do nosso Alentejo e Mundo Taurino, o Ganadeiro SR. JOSÉ BAPTISTA CRUZ E CRUJO, integrada na “OVIBEJA” 2009.
Que DEUS tenha a sua ALMA em PÁZ e que lá de cima do CÉU, juntamente com seu filho José Varela Crujo, que aos touros deu a vida, possa pedir a Deus toda a protecção divina, para todos aqueles que cá em baixo defendem e honram a nossa Festa Taurina.

Desde já quero manifestar os nossos maiores agradecimentos à família “Almodôvar”, pela forma amiga, simpática e acolhedora como recebeu o nosso Grupo em sua casa.
Não posso também deixar de enaltecer o significativo gesto do regressado Grupo de Forcados Amadores de Beja, oferecendo ao nosso, uma “Placa” comemorativa a eternizar a data deste novo reencontro.

Nos curros estava um “Encierro” de Varela Crujo, rematado, algo desigual, para serem lidados pelos cavaleiros João Moura, Tito Semedo e António Maria Brito Pais.
Para as pegas estavam os Grupos de Forcados Amadores de Montemor-o- Novo e Beja, comandados por José Maria Cortes e Manuel Almodôvar, respectivamente.

Todos os cavaleiros, dentro das suas características, estiveram à sua altura, tendo de vencer algumas dificuldades que os touros lhe impuseram, destacando-se a lide do 4º da ordem, um touro que veio de menos a mais, no qual João Moura lhe deu a lide adequada, proporcionando grandes momentos de toureio, acabando por ser o triunfador do prémio em disputa.

O Grupo de Montemor pegou o 1º, 3º e 5º, com 500, 455 e 510 kg respectivamente.

Abriu praça esse enorme João Mantas, que acusou o“defeso”forçado devido à lesão que lhe infligiu o Miura em Lisboa, nada que ele como grande forcado que é, não consiga ultrapassar com um pouquinho de preparação física. Com toda a sua raça, consumou a pega à terceira tentativa bem ajudado por todo o grupo.

Para o 3º saiu esse forcado “toureiro”chamado João Caldeira, que desde que saltou a trincheira, ao andar na praça, ao brinde, ao citar a mandar no touro, ao recuar templando e ao fechar-se-lhe na cara, deu uma lição de “toreria”, realizando uma grande e vistosa pega à primeira tentativa, também superiormente ajudado por todo o grupo, a qual foi premiada com o troféu em disputa para a melhor pega da tarde.

O 5º touro saiu bastante complicado, tapando-se sempre na ferragem, procurando o ferro lá no alto e dando sempre derrotes violentos com o “piton” direito, tudo isto no médios da praça onde agarrou a sua crença.
Para o pegar saiu o valente Filipe Mendes que teve de lhe entrar nos terrenos, uma vez que este estava encostado às tábuas, deveria estar fora delas, sendo extremamente difícil sacar-se-lhe no momento preciso. Sofreu violentíssima cornada na cara, proporcionando momentos de aflição, pois todos nós pensamos tratar-se de grave lesão. Graças a Deus tal não aconteceu e tudo se resumiu a alguns pontos no lábio inferior depois da passagem pelo hospital.

Foi substituído por João Romão Tavares, um novo forcado cá no grupo, também ele um forcado de geração, que pelo que já demonstrou é um fiel seguidor desse enorme forcado que foi seu pai, José Romão Tavares.
O toiro, já noutros terrenos, voltou a comportar-se da mesma maneira na sua primeira tentativa, tendo resolvido o problema com muita raça, crer e poder á segunda tentativa, realizando uma pega dura, igualmente muito bem ajudado por todo o grupo.

De realçar que os touros, apesar do seu tamanho, não eram nenhuma “pêra doce”, não permitindo deslizes e exigindo, tal como aconteceu, grande coesão de todo o grupo.

O Grupo de Beja, ao qual desejo a maior sorte do mundo, pegou os seus touros á primeira, segunda e quarta tentativa respectivamente.

Dirigiu a corrida o ex Matador de Touros Sr. António dos Santos, assessorado pelo Dr. João Andrade.

 

Pelo Grupo de Montemor….venha vinho,….venha vinho,….venha…

Joaquim Murteira Correia


Reportagem Fotográfica:
http://www.tobrantes.com/imagens/galeria_eventos_2009/evento_0034_02Mai_Beja_282/index.html

Voltar
com o apoio de