Nome
E-mail
Home | Notícias
Reguengos 15 de Agosto... Para manter a tradição.

Mais uma vez o Grupo de Montemor voltou á castiça praça de Reguengos de Monsaraz na sua data forte ou seja o tradicional 15 de Agosto. Data em que ao longo dos anos se foram acumulando gratas recordações aos elementos do nosso Grupo.

Também á semelhança de outros anos, fomos magistralmente recebidos no Seio da Família Godinho, os nossos "Sacaios" como carinhosamente são tratados pelos amigos.

O Almoço estava extraordinário e muito bem regado, o que nos permitiu (aos Velhos... é claro) numa tarde de muito calor e á volta da mesa, pegar umas dezenas de Toiros, enquanto a rapaziada se ia recolhendo nos quartos para o habitual descanso e mentalização antes da fardação.

O cartel anunciado para esta tarde era composto pelos "Maestros" João Moura e António Telles, que este ano festejam respectivamente 30 e 25 anos de alternativa e ainda pela Cavaleira Ana Batista.

No capitulo das pegas anunciavam-se os Grupos de Santarém e Montemor que teriam pela frente um imponente curro de Passanha com uma média de 600 Kgs.

Todos os "Ginetes" tiveram lides meritórias com principal destaque para Moura e Telles.

Mas vamos ao que interessa, que é falar das pegas do nosso Grupo, pois foi para isso que me convidaram, o que desde já agradeço.

Para o 1º do nosso lote (que a sorte ditou, fossem os três maiores da

corrida) O Cabo Zé Maria, chamou a si próprio essa enorme responsabilidade. Fez um correto brinde ao recente Cabo do Grupo de Santarém, dado que era a 1ª vez que os dois Grupos alternavam após a nomeação do Diogo Sepúlveda.

Zé Maria, mais uma vez provaste ser um enorme Forcado, soubeste dar vantagens, soubeste aguentar, soubeste recuar o necessário, soubeste fechar-te com alma e soubeste acima de tudo rodear-te de amigos, que todos sem excepção te ajudaram na dura viagem até ás tábuas.

Estava dado o mote para uma extraordinária actuação do Grupo.

Para o nosso segundo, um toiro reservado anunciado com 640 Kgs., perfilou-se o Pedro Freixo, que após um brinde "inesperado" mas muito sentido aos "Jotas" do seu coração, Seu Avô, Seu Pai e Seu Irmão. 

Andou calmamente para o oponente tentando provocar-lhe a investida, contudo o astado não facilitou obrigando-o a entrar em terrenos de compromisso onde poucos são capazes de pisar, mas ele pisou, obrigando o toiro a investir numa dura reunião mas que proporcionou mais uma enorme pega á 1ª tentativa muito bem ajudado por todo o Grupo.

Fechar com "Chave de Ouro" é aquilo que todos anseiam, principalmente quando os que o antecederam tiveram actuações muito difíceis de suplantar, mas era visível no rosto de vários Forcados o desejo de serem os escolhidos para essa difícil tarefa, dos vários candidatos o Zé Maria elegeu o Pedro Santos, que após um amável brinde ao anfitrião Francisco Godinho, assumiu o papel que lhe fora atribuido, pisando com muita classe a arena de Reguengos para vir a concretizar uma enorme pega exemplarmente executada em todos os seus tempos e á semelhança das anteriores muito bem ajudada por todo o grupo.

O GFASantarém pegou os Toiros que lhe couberam em sorte ao 2º intento por intermédio dos Forcados, Diogo Sepúlveda, Gonçalo Veloso e António Grave de Jesus.

No final do espectáculo houve ainda um programa de variedades taurinas em que foi lidado um novilho pela Jovem promessa  do toureio a cavalo Miguel Moura tendo o mesmo sido pegado ao 1º intento pelo Jovem João Goes do GFAS.

Resta-me desejar-lhes toda a sorte do Mundo e que continuem a saber honrar e dignificar a jaqueta do nosso GRUPO.

Por Vós, Pelos que por cá passaram e pelos que virão, ergo o meu copo e...Venha Vinho......

Bem Hajam...

Francisco Borges
Agosto 2008

Reportagens Fotográficas:
http://www.tauromania.pt/noticias_detail.php?typ=reportagens&aID=2822

http://toureio41.com.sapo.pt/Reguengos/index.html

Voltar
com o apoio de