Nome
E-mail
Home | Notícias
No Sobral foram 3 à 1ª.

Para terminar o fim-de-semana em grande, o Grupo de Montemor deslocou-se ao Sobral de Monte Agraço, para pegar três toiros da ganadaria de Pinto Barreiros, pertença do nosso amigo e ex. Forcado Joaquim Maria Andrade, juntamente com os Forcados de Vila Franca e os cavaleiros Luís Rouxinol, Vítor Ribeiro e António Maria Brito Paes.

Após três corridas à frente do grupo de balanço bastante positivo, o Zé Maria lançava o desafio de realizarmos a primeira "limpa" sob os seus desígnios. Assim, perante três bonitos toiros os seus elementos não quiseram deixar os créditos por mãos alheias e brindaram o novo cabo com três pegas ao primeiro intento. Para o primeiro toiro, que saiu bonito e cumpridor, foi chamado o jovem mas experiente João Caldeira, vulgo "Caldeirinha ou Rambo", que mostrou como é que se deve estar à frente de um toiro. Bonito, elegante, fino e "placeado", cita e carrega o toiro, este arranca de meia praça e o João fez tudo como mandam as regras, obtendo uma reunião perfeita  tapando a cara ao toiro numa viagem até às tábuas, sendo bem ajudado pelos restantes companheiros.

Para o segundo toiro que estava um pouco mais reservado e com uma embola sem copo, foi escolhido o valente Frederico Caldeira que tanto porfiava esta oportunidade. O "Fred" quis agarrar o ensejo e talvez por ter tanta determinação complicou um pouco a reunião que resultou dura, tendo o forcado aguentado um forte embate, mas sendo bem ajudado pelo grupo já junto às tábuas.

Para fechar praça, um caso raro de sucesso imediato. Estou a falar do Nélson Campaniço que seguramente bateu um recorde. Em dois dias consecutivos, fardou-se pela primeira vez e pegou nas duas corridas à primeira tentativa. Mais uma aposta ganha do cabo Cortes. O Nélson perfilou-se para a pega como se o tivesse feito várias vezes, citou com calma o toiro que à partida viria lento e suave, o forcado consentiu muito bem a investida e embora não tenha tido uma reunião perfeita pois o toiro também humilhou bastante, agarrou-se para ficar, contando para o efeito uma boa primeira ajuda do Xico Reis.

Estava fechada uma corrida repleta de juventude, donde podemos tirar a conclusão que o Grupo de Forcados Amadores de Montemor terá um futuro brilhante.

O Grupo de Vila Franca pegou os seus toiros à 1ª, à 2ª e à 3ª tentativa, tendo o Grupo de Montemor ganho o troféu em disputa para o melhor Grupo.

Pelo Grupo de Montemor,..
Venha vinho...

Manuel Mata
Setembro de 2007
 

Fotografias: Francisco Romeiras

 

 

 

 

 

 

Voltar
com o apoio de