Nome
E-mail
Home | Notícias
Tarde de Sol em Arraiolos

Domingo, 8 de Julho, mais uma corrida esperava o Grupo de Montemor, desta feita em Arraiolos.O encontro foi no Monte da Sempre Noiva, pertencente à família Mira, a quem agradecemos desde já toda a amabilidade. Família esta de antigos e actuais forcados do nosso grupo, Francisco (pai), Pepê e Francisco (filho) "Kikiu". Duas gerações de valorosos forcados.

Uns mais cedo outros mais tarde, todos foram chegando e aproveitando um belo banho de piscina que a todos soube muito bem, pois o calor alentejano fazia-se sentir.Às 17 horas era altura da fardação e com o Cabo Guiga e o futuro Cabo José Maria Cortes fora em trabalho, foi Pedro Freixo quem assumiu o controlo do grupo.

A corrida contava com a presença dos Cavaleiros Francisco Núncio, Filipe Gonçalves e Joana Andrade.Para as pegas a par com o Grupo de Montemor, estava o grupo de São Manços.

O primeiro da tarde lidado por Francisco Núncio, um São Martinho com o peso de 470 kg, foi pegado pelo forcado Miguel Vacas de Carvalho. Miai como é conhecido, forcado inexperiente, pegou o seu segundo toiro da época e na 1ª e 2ª devido à sua inexperiência não reuniu da melhor maneira por não recuar, facto que fez com que não se fechasse na cara do oponente. A terceira tentativa foi boa, com uma boa ajuda de João Pedro, no entanto o toiro desviou-se do restante grupo, não conseguindo o forcado aguentar a viagem até às tábuas.  A 4ª tentativa foi uma boa pega, com uma excelente ajuda do JP e com o restante grupo a fechar bem. Apesar da inexperiência, o Miai acabou por mostrar valentia e vontade, crescendo de tentativa em tentativa.

O nosso 2º toiro era um toiro branco que calhou em sorte à cavaleira Joana Andrade, mas que, por vir "desquadrilhado" dos curros, teria que ser substituído pelo segundo toiro que calhara em sorte à artista nesta corrida. Desta forma o grupo de São Manços acabou por pegar os seus três toiros seguidos e o grupo de Montemor os dois últimos da Corrida, um António Silva de 490kg e um Rodolfo Proença com 430kg respectivamente.

O segundo toiro lidado pelo cavaleiro Filipe Gonçalves, de 490kg e pegado pelos Amadores de Montemor foi pegado por um forcado mais experiente. Filipe Mendes foi o escolhido para a sorte. Brindou ao "actual antigo" Francisco Mira (Kikiu), citou com calma e galhardia o oponente. Na altura da reunião o toiro fez um estranho e o Filipe não conseguiu reunir perfeitamente bem, no entanto fechou-se com decisão tendo uma boa ajuda de António Dentinho com o restante grupo a fechar a pega da melhor maneira.

O último toiro pegado pelos nossos  forcados foi lidado pela cavaleira Joana Andrade (que inclusivamente brindou um ferrou ao João Caldeira "o nosso Rambo" que se encontrava na bancada, deslumbrado pelas actuações desta cavaleira). Para a cara foi escolhido o forcado Luís Vacas que tem estado bem ao longo da temporada. O Luís andou bem para o toiro, com um cite bonito, fino e elegante. Provocou a investida do toiro e reuniu bem. Aguentando os derrotes do toiro mostrou a todos a sua vontade de lá ficar, concretizando aquela que quanto a mim foi a pega da tarde. As ajudas fecharam bem e o rabejador Francisco Godinho, bem e com calma, deu por terminada a actuação em Arraiolos.

No fim da corrida volvemos ao Monte da Sempre Noiva onde nos esperava um lanche preparado com muita amizade pela família Mira que tão bem nos acolhe sempre que o Grupo se desloca a terras de Arraiolos. O nosso muito obrigado a esta família mais uma vez.

Tomás Pimenta da Gama
12 de Julho de 2007

Fotografias: Rodrigo Tendeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Voltar
com o apoio de