Nome
E-mail
Home | Notícias
Toiros Pablo Romero, uma tarde séria em Montemor.

Esperada com muita expectativa, realizou-se no passado dia 5 de Maio a tradicional corrida de toiros, da feira de Maio, na praça de Montemor.

Um curro da famosa ganadaria Pablo Romero era o principal ingrediente para uma verdadeira tarde de toiros, com muito mérito mais uma vez para a empresa “Montemor é Praça Cheia” que tão bem tem sabido gerir o nosso tauródromo.

Depois de uma semana chuvosa o dia amanheceu solarengo, convidativo para um desvio à cidade Alentejana. Cedo começaram os telefonemas da forcadagem para saberem os pesos dos toiros, que oscilavam dos 495 aos 678 kg, todos com 5 anos de idade.

No cartel estavam anunciados os cavaleiros António Telles, Luís Rouxinol e Ana Batista para as pegas, o Grupo de Forcados de Montemor e os vizinhos e amigos do Grupo de Forcados de Évora.

Ao início da tarde juntámo-nos em casa do antigo elemento Feliciano Reis, mais conhecido por Xaninha, onde nos fardámos em ambiente de boa disposição. Já na praça, com esta com uma boa casa, esperámos com ansiedade o momento de actuar.

O primeiro toiro da tarde saiu com 495 kg tendo dado uma lide reservada ao cavaleiro da Torrinha. Para a pega foi escolhido o forcado Pedro Freixo, brindou ao público e citou de largo. Carregou com decisão mas foi obrigado a entrar nos terrenos do toiro que se encontrava fechado em tábuas, sem perder tempo voltou a carregar e reuniu bem à córnea. Aguentou duros derrotes, até à chegada dos ajudas e quando já vinha descomposto, aproveitou a pronta entrada dos elementos Hugo Melo e António Corrêa de Sá, para se corrigir e fechar uma grande primeira pega da tarde, cheia de dificuldade.

O nosso segundo toiro saiu com o peso de 575 kg mostrando-se colaborador mas também reservado em toda a lide da cavaleira Ana Batista. Zé Maria Cortes o futuro cabo de Montemor brindou ao Médico Veterinário Dr. Adolfo Lima e citou de praça a praça. Aguentou a investida solta do oponente e fechou-se com decisão à córnea. Bem ajudado por todo o Grupo e bem rematado pelo rabejador Rodrigo Pietra Torres finalizou-se mais uma bonita pega nesta tarde de Montemor.

O quinto toiro da tarde e nosso último saiu anunciado com o peso de 520 kg, tendo-se mostrado com bastante andamento em toda a lide proporcionando bons ferros ao cavaleiro Luís Rouxinol. Para a cara perfilou-se o elemento João Mantas, brindou à empresa “Montemor é Praça Cheia” dos antigos elementos Simão Comenda e Paulo Vacas de Carvalho e bateu as palmas ao toiro, mandou na investida e fechou-se à córnea também para ficar. Com uma grande primeira ajuda de António Corrêa de Sá e dos restantes elementos e superiormente rematada por João José Comenda chegou ao fim mais uma boa corrida para os Montemorenses.

O Grupo de Évora teve uma tarde mais complicada concluindo as suas pegas à 2ª, 1ª e 7ª tentativas com momentos muito duros para os forcados.

O dia era de festa então a noite também tinha de o ser. Em conjunto com o Grupo de Évora comemorámos pela noite dentro num divertido jantar que juntou 140 pessoas.

Mais uma vez parabéns à empresa, pois são os toiros que fazem aficionados e Montemor é, definitivamente, uma terra de aficionados.

Rodrigo Corrêa de Sá
7 de Maio de 2007

Fotografias: Francisco Romeiras

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Voltar
com o apoio de