Nome
E-mail
Home | Notícias
Festival de Loures

Antes de entrarmos no fervoroso mês de Agosto, no dia 26 de Julho o nosso destino era a cidade de Loures. Integrada nas festas locais, fomos convidados a participar num festival para o Grupo Desportivo de Loures.

No cartel 6 cavaleiros: Joaquim Bastinhas, Rui Salvador, Gilberto Filipe, Jason Palma, Marcos Tenório e Paulo D´Azambuja, para pegar os novilhos da ganadaria de Felicidade Dias estavam anunciados os Amadores de Montemor e do Aposento da Moita.

Por se tratar de um feriado local, nem todos puderam estar presentes, havendo assim oportunidade para os mais novos se destacarem. Fardaram-se pela primeira vez os elementos Francisco Godinho e Quim Zé Correia ambos filhos de dois antigos forcados de Montemor.

O primeiro toiro da tarde ao ser colocado para a pega, inutilizou-se depois de um ferro se cravar na cara do toiro. O Grupo apesar de o forcado Manuel Ramalho já estar perfilado decidiu não avançar para a pega, visto esta não ser benéfica para o espectáculo e por em causa a integridade física dos forcados.

Sendo assim a primeira pega da corrida foi realizada pelo Aposento da Moita que simpaticamente convidou o nosso Grupo a dividir a sorte. Para a cara foi o forcado Francisco Baltazar que realizou uma bonita pega à primeira tentativa, bem ajudado em especial pelo montemorense João Caldeira.

O nosso segundo toiro saiu pequeno mas sério, a não facilitar a actuação do cavaleiro Gilberto Filipe. Para a cara foi escolhido o forcado João Caldeira. Brindou ao Grupo do Aposento da Moita e citou com elegância. Como se adivinhava, o João não teve a tarefa facilitada e só à quarta tentativa e já com as ajudas em cima é que encerrou uma pega sem brilho. Nas primeiras tentativas o momento da reunião nunca foi conseguido apesar da vontade do forcado.

Para o nosso último toiro perfilou-se de novo Manuel Maria Ramalho. Citou de largo e provocou a investida, aguentou pouco não tendo conseguido uma reunião perfeita, obrigando o forcado a tentar de novo. Na segunda tentativa corrigiu o erro da primeira e não teve dificuldades em encerrar mais uma pega para os de Montemor, concretizando assim a sua primeira pega no Grupo.

O Aposento da Moita esteve em bom plano e realizou todas as suas pegas à primeira tentativa.

A noite já foi vivida em Lisboa, com um agradável jantar de convívio no restaurante “Já Fumega” em Campo de Ourique.

Rodrigo Corrêa de Sá
28 de Julho de 2006

Fotografias: Francisco Romeiras

    

Em Loures os mais novos tiveram oportunidade

Fardaram-se pela primeira vez: Francisco Godinho e Quim Zé Correia

A primeira pega foi dividida com o Aposento da Moita

João Caldeira não teve a tarefa facilitada

Só à quarta tentativa é que encerrou uma pega difícil

O Grupo teve poucas hipóteses perante um toiro que saiu sério

Manuel Ramalho pegou pela primeira vez nos amadores de Montemor

Filho do antigo elemento "ManAugusto" mostrou modos e vontade

Á segunda realizou uma boa pega

Voltar
com o apoio de