Nome
E-mail
Home | Notícias
Grupo Juvenil apresentou-se em Évora

Depois de uma corrida dura na noite anterior, as festas do S. Pedro continuavam em Évora ,  era agora a vez do Grupo Juvenil mostrar a sua raça.

A novilhada organizada pelo do Grupo de Forcados Amadores de Évora, revertia para o seu fundo de assistência. O cartel era composto por jovens cavaleiros cheios de vontade de triunfar, três Grupos de Forcados Juvenis (Montemor , Évora e S. Manços) e os toiros foram cedidos por seis ganaderias diferentes. Nesta festa estreava-se como cabo do Grupo juvenil o forcado Francisco Reis.

O 1º novilho - toiro pertencia à ganaderia de Conde Murça, pesava 450 Kg e cabano, o que dificultava muito o trabalho do forcado da cara.

Para a cara  foi escolhido um forcado da terra, Manuel Maria Ramalho filho do antigo elemento Manaugusto, que já vinha se evidenciando nos treinos do Grupo. 

Brindou à sua mãe e à memória de seu pai, citou de largo, o toiro fechou-se em tábuas o que obrigou o forcado a ir para cima do toiro  e quando este investiu carregou sobre o grupo dando violentos derrotes. O forcado cheio de raça aguentou os primeiros, mas devido a cara bastante chata que o animal tinha, o grupo não ajudou com eficácia tendo saído o forcado da cara.Na 2ª tentativa Manel foi para o toiro ainda com mais vontade e quando reuniu agarrou-se para ficar, aguentando vários derrotes , chegando o grupo prontamente a ajudar.

O 2º novilho era da ganaderia de Paulo Caetano mais pequeno mas também com uma córnea defeituosa saiu com velocidade dando indícios de uma boa pega. Para este novilho o cabo elegeu mais um forcado da terra, o filho do antigo forcado Francisco Borges, Francisco Borges Jr.

O Francisco apesar de muito novo soube estar muito bem á frente do novilho tendo feito em 4 tentativas 4 boas reuniões. Na 1ª o novilho veio com pata e o Francisco apesar de reunir bem, não conseguiu pegar o toiro que lhe deu um 1º derrote forte, á 2ª andou mais para cima do oponente que carregou mais uma vez forte sobre o grupo despejando mais uma vez o forcado, também não foi á 3ª já com o grupo mais em cima, que este forcado de palmo e meio conseguiu pegar , mas sim á 4ª tentativa o forcado continuava cheio de vontade de pegar o toiro e fechou-se então, para não sair.

Todos os elementos do Grupo juvenil deram provas esta noite em Évora que, podem vir a ser um dia grandes forcados do Grupo de Montemor. A todos eles lhes desejo a melhor sorte.

O grupo de Évora pegou os dois novilhos á 2ª tentativa e o grupo de S. Manços teve uma melhor noite pegando os dois á 1ª tentativa.

João Caldeira
1 de Julho de 2006

Fotografias: Rodrigo Tendeiro

A concentração do Grupo Juvenil

A boa ajuda do cabo Francisco Reis a Manuel Ramalho na sua primeira pega

Os irmãos Manuel e António Vacas de Carvalho

O convívio na festa dos aamadores de Évora, Guiga Guéu e Ricardo Cabral

Francisco Borges pegou o segundo da noite

Não foi uma pega fácil

Só à quarta tentativa encerrou a sua primeira pega nos juvenis

Francisco e Nelson também dois novos elementos

Voltar
com o apoio de